Parceria em Planaltina produz mais de 100 litros de álcool em gel

0
172

Mais de 100 litros de álcool em gel 70% foram produzidos em Planaltina para o enfrentamento da pandemia do coronavírus. O insumo foi doado ao hospital público, um abrigo de idosos, uma creche e o Centro de Referência em Práticas Integrativas em Saúde (Cerpis) de Planaltina. A entrega só foi possível depois uma parceria firmada entre vários setores da comunidade local para produzir o álcool em gel.

Entre eles, o próprio Cerpis; a direção da Escola Técnica de Saúde de Planaltina (CEP-Saúde), que ofereceu o laboratório e a expertise para a produção do insumo; e a Gerência de Assistência Multidisciplinar e Apoio Diagnóstico do Hospital Regional de Planaltina (Gamad/HRPL). Tudo coordenado pelo Conselho de Saúde local.

“O lema do grupo após o trabalho é uma frase que se investiu de maior significado ainda: juntos somos mais fortes”, afirmou o gerente do Cerpis, Marcos Freire. “A saúde necessita da participação intersetorial, porque ela transcende a própria Secretaria de Saúde. Quando envolve toda a comunidade, atuando juntos, faz toda a diferença”, ressaltou.

Segundo o químico e diretor da CEP-Saúde, Paulo César Ramos, a parceria com a Secretaria de Saúde e o Cerpis vem de longa data. Contudo, a participação da comunidade é essencial na doação dos materiais para produzir o álcool em gel. “Se tivermos doações suficientes, teremos condições de aumentar a produção, com capacidade de fazer no nosso laboratório até 100 litros de álcool em gel por dia”, informou.

Doações

 A participação da comunidade é tão fundamental que a iniciativa só foi possível depois da doação significativa de 60 litros de álcool etílico 92.8, feita por empresários da cidade, com a participação da comunidade. Mas a boa ação não parou por aí. Também houve a doação de água destilada, entregue pela Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb).

Além disso, um servidor da Cerpis fez questão de doar um quilo de carbopol – polímero utilizado para fazer a mistura química que dá origem ao álcool em gel. Ainda sobraram 150 quilogramas do material, suficiente para a produção de mais insumos. Contudo, para isso ocorrer, é necessário a doação de mais álcool etílico 92.8.

“Para se ter uma ideia, 1 quilo de carbopol é o suficiente para uns 200 litros de álcool em gel. Mas é um produto caro e difícil de achar no mercado atualmente, devido a demanda crescente. Ainda assim, já foi o suficiente para fazer uma grande diferença”, comentou Marcos Freire.

Os interessados em fazer mais doações para abastecer a rede pública de saúde da região, seja de álcool ou algum material, podem entregá-los na Escola Técnica de Saúde de Planaltina, localizada na Avenida Contorno e Independência. O telefone para contato é 3901-6788.

*Com informações da Secretaria de Saúde