InícioNotíciasDistrito FederalGDF testa 7,6 mil profissionais da rede pública de saúde

GDF testa 7,6 mil profissionais da rede pública de saúde

Os profissionais da rede pública de Saúde, que estão na linha de frente no combate ao novo coronavírus, estão sendo testados para a doença desde o dia 09 de abril. Ao todo, 7.628 profissionais já foram testados – em 233 exames, o resultado foi positivo. 

Nesses casos, não há como comprovar que os profissionais foram contaminados durante o período de trabalho. A testagem reforça as ações da Secretaria de Saúde para promover um ambiente mais seguro para os guerreiros que trabalham diariamente para atender à população.

Foto: Breno Esaki/Saúde-DF

A subsecretária de Gestão de Pessoas da Secretaria de Saúde, Silene Almeida, ressalta os esforços feitos pela gestão para capacitar, cada vez mais, os funcionários – e, assim, evitar novos contágios. 

A Secretaria de Saúde possui 32 mil servidores efetivos e, estima-se, que 60% desses trabalhadores estão na linha de frente do enfrentamento à Covid-19. “Temos cerca de 2% de profissionais contaminados, todos afastados e monitorados pela pasta”, explica.

As unidades de saúde que realizaram o maior número de testes foram os hospitais regionais do Gama, com 1.234 servidores testados e 19 positivos; e o da Samambaia, com 1.030 testados e 22 resultados positivos. No Hospital Regional de Brazlândia, foram 605 testes realizados e 3 positivos. Em Ceilândia, 805 com 86 positivos.

O Hospital Regional da Asa Norte (Hran) que é a unidade referência para a doença no Distrito Federal realizou 800 testes com oito positivos. 

O diretor da Atenção Secundária da Região de Saúde Central, Pedro Zancanaro, explica que os novos testes têm 98% de confiabilidade e adianta que na próxima semana devem chegar mais cinco mil kits. “Testamos 800 funcionários e vamos testar os 1,8 mil funcionários do Hran. Os novos kits dão resultados mais qualificados e atestam quem já esteve doente e agora está imune”, observa.

Foto: Breno Esaki/Saúde-DF

O secretário de Saúde, Francisco Araújo, destacou que a testagem em massa garante maior segurança para os profissionais de saúde. “Estamos tendo cuidado redobrado com nossos servidores. São realizadas capacitações diárias, com todas as equipes de profissionais sobre a maneira correta de utilizar os equipamentos de proteção individual (EPIs) e com a higienização das mãos”.

O Hospital Regional de Sobradinho realizou 480 testes e o Hospital São Vicente de Paulo, 200 – e ambos não apresentaram nenhum resultado positivo para à Covid-19.

No Hospital Região Leste foram 200 testes realizados com um positivo e no Hospital Materno Infantil de Brasília 540 testes e 17 confirmados.

O Hospital de Apoio de Brasília testou 100 funcionários, sendo que dois resultados foram positivos e no Hospital Regional do Guará 410 testes e 29 positivos. Em Planaltina foram 288 testes e 29 resultados positivos no HRPL.

* Com informações da Secretaria de Saúde

Redes Sociais

16,985FãsCurtir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever

Últimas Notícias

Continue Lendo